#OportoCycleChic

OportoCycleChic 2012O Porto é uma cidade incrível para percorrer de bicicleta. Quase não chove. A paisagem urbana nunca é monótona, com o casario a tombar melancolicamente para o rio. Do Marquês a Nevogilde vai-se sempre numa agradável descida cuja chegada é antecipada pela vista do mar em plena rua da Constituição. O burgo, misto de antiguidade decadente europeia e de modernidade, conta com as suas gentes, francas e liberais, como tesouro mais valioso. Assim o reconheceu D. Pedro IV, cujo coração ficou no Porto, tal foi o amor que sentiu pelas pessoas daqui. Educadas e frontais. Assim é o Porto. Nele nasceu o #OportoCycleChic.

Não é um movimento elitista. Não é um conjunto mais ou menos desconhecido de pessoas. O #OportoCycleChic somos todos. Eu, tu, a senhora que diariamente sobe a avenida da Boavista, de manhã cedo, na sua híbrida. O cavalheiro que atravessa o Amial em direção ao seu trabalho, em S. Mamede de Infesta. São os peões e até os automobilistas, que de sorriso incrédulo nos deixam complacentemente atravessar o trânsito.

#OportoCycleChic
Bicicletas displicentemente estacionadas, algures no Cais de Gaia.

Nós, os #OportoCycleChic, somos os portuenses. Os tripeiros e os não tripeiros. Os de gema e os adotados. Abraçamos a tremenda responsabilidade de contribuir, através da nossa forma de estar frontal e honesta, para uma urbe bela e esteticamente apelativa. Porque não há nada mais belo do que um ser humano numa bicicleta, descontraído e alheado. A mera presença de um portuense em duas rodas inspira quem quer que nos veja passar, numa pedalada compassada e lenta, observando o espaço urbano. A graciosidade e a elegância do esforço quase impercetível em cada movimento do eixo pedaleiro conferem graça, elegância e dignidade ao binómio pessoa / bicicleta. Seja uma bicicleta de montanha, uma citadina, uma híbrida, uma dobrável, de corrida, uma fixed gear ou single speed. Seja senhora, homem ou criança. Seja o que for, será sempre uma pessoa. Um portuense que se desloca de A a B de forma inteligente. Que pega numa bicicleta e que de repente se apercebe de que é mais rápido e mais cómodo. E muito, mas muito mais agradável… Sem preocupações para além do melhor percurso – que não tem que ser o mais curto – melhor para os olhos e para o espírito. E o Porto pode ser tão surpreendente…

Junta-te a nós no #OportoCycleChic. Fotografa. Publica. Divulga! No Instagram, no Facebook, no Pinterest, seja onde for. Mas mostra. Sem inventar realidades hipotéticas. Mostra-nos o Porto como ele é. Em duas rodas.

Qualquer publicação nas redes sociais com o tag #OportoCycleChic será divulgada pelo movimento #OportoCycleChic. Só precisamos de pessoas em bicicleta com o Porto como pano de fundo.

Vamos mostrar que o Porto é uma cidade de vanguarda e de uma gente que faz o que diz e não que diz que faz! #OportoCycleChic

4 thoughts on “#OportoCycleChic

  1. Boa iniciativa!!! Como “nortenhos” vamos começar a contribuir com algumas fotos :)

Leave a Reply to OportoCycleChic Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>